segunda-feira, 4 de julho de 2011

Você não amou o poeta!...

A madrugada chegou
A solidão a meu lado está,
A insônia me abraçou
A saudade veio me fustigar...

Lendo e escrevendo poemas de amor
Olhando as fotos que me enviou,
Meus lábios sentem o doce sabor
Dos beijos da boca que nunca beijou...

O silêncio grita em minha alma
Pensamentos atrelados à rosa pequena,
Afogo meu desespero em dose dupla de calma
Por mais que eu queira não vejo solução para o problema...

Por que demorou tanto a me aparecer?
Por que disse que sou o homem que tanto queria?
Por que momentos de alegria reverteram-se em eterno sofrer?
- Você não amou o poeta... Talvez gostou dos poemas que pra você escrevia!

Moacir Silva Papacosta
Publicado no Recanto das Letras em 16/07/2009
Código do texto: T1703564

2 comentários:

isa disse...

Carmem,sim,às vezes é isso.O fascínio pelas palavras,por ser musa inspiradora...
Beijo.
isa.

Tathiane Galdino disse...

Lendo e escrevendo poemas de amor
Olhando as fotos que me enviou,
Meus lábios sentem o doce sabor
Dos beijos da boca que nunca beijou...
Linda postagem! Adorei Carmem!assim que puder confira minhas novas postagens...
Beijos!

Postar um comentário